Passar para o conteúdo principal

Dia Mundial da Luta contra o Cancro assinala-se dia 4 de Fevereiro

Início care4it Healthcare Solutions
Dia Mundial da Luta contra o Cancro assinala-se dia 4 de Fevereiro

O cancro é a principal causa de morte prematura antes dos 70 anos e, no conjunto das causas de mortalidade em todas as idades, ocupa o segundo lugar depois das doenças cérebro-cardiovasculares. As previsões para Portugal apontam para um acréscimo de 12,6% de novos casos. Este ano estima-se, à semelhança do ano anterior, que morrerão por cancro mais de 20.000 portugueses. O Programa Nacional para as Doenças Oncológicas é considerado prioritário e os principais programas de prevenção primária, luta contra o tabagismo e promoção de alimentação saudável, estão atualmente organizados em programas autónomos. Para além destes, programas de promoção de estilos de vida saudáveis e de mobilização dos cidadãos em torno da sua saúde devem ser realizados com sede na Direção do Programa das Doenças Oncológicas, favorecendo-se a articulação com o Ministério da Educação e com as organizações de doentes. No próximo ano continuaremos a ter ações financiadas pelos jogos sociais no valor global de 350.000 euros. Apesar dos constrangimentos financeiros, o Ministério da Saúde sempre considerou prioritários os cuidados na área oncológica. Como exemplo significativo, realizámos em 2014 avultados investimentos em tecnologia (aceleradores lineares, PET- Tomografia por Emissão de Positrões) o que levou também a ganhos significativos, qualitativos e quantitativos, a nível de diagnóstico e tratamento. Para 2015, está previsto iniciar investimentos para a área oncológica, designadamente para as unidades dos Institutos Portugueses de Oncologia (IPO) de Lisboa, Coimbra e Porto, superiores a 40 milhões de euros. Uma parte deste investimento será realizada graças à capacidade de autofinanciamento das unidades, outra por candidatura a fundos comunitários e outra parte, ainda, através da injeção de capital do Estado, até 20 milhões de euros, a realizar em 2015. Em 2014 os principais investimentos realizados nos três IPO rondaram os oito milhões de euros. Fonte: Portal da Saúde